Datas comemorativas

Conheça melhor a história de Nossa Senhora das Graças

Escrito por quintadellarte

Em sua primeira aparição, Nossa Senhora das Graças apareceu para Santa Catarina carregando um sinal do céu: uma medalha, na qual constava seu retrato. Esse objeto ficou conhecido como medalha milagrosa, uma vez que ajudou muitos cristãos a alcançar suas graças determinadas.

Em sua segunda manifestação, Nossa Senhora das Graças solicita que as medalhas sejam utilizadas ao pescoço. Assim, abundantes benefícios poderiam ser realizados ao redor do mundo.

Esse é o início da popularização de uma das invocações concedidas à Virgem Maria. Confira toda a sua história, neste post!

Origem de Nossa Senhora das Graças

Tendo surgido pela primeira vez na França, em julho de 1830, acredita-se que Nossa Senhora das Graças fez duas aparições para Santa Catarina Labouré quando ainda era uma noviça.

Na primeira manifestação, a jovem foi acordada por uma forte luz e uma voz agradável pedindo que ela fizesse o possível para ajudar o país e o mundo por conta dos momentos difíceis que logo viriam.

Em 27 de novembro, apareceu novamente na capela do convento em que estava Catarina. Dessa vez, Nossa Senhora das Graças concedeu a ela uma nova instrução: construir medalhas com a sua imagem de braços abertos e propagar que as pessoas que usassem o medalhão seriam protegidas e teriam suas graças recebidas. No total, ela conseguiu fabricar 2.000 unidades com a ajuda de seu confessor, o padre Jean Aladel.

É importante salientar que somente a partir da segunda manifestação é que Nossa Senhora das Graças ganhou esse título.

Aparição e revelação

Sua revelação foi além do simples som de sua voz. Nossa Senhora estava usando um vestido de seda branco e cobria a cabeça com um manto azul, o qual chegava até os pés.

Foi então que Catarina Labouré ouviu claramente sua voz dizendo: “manda cunhar uma medalha por este modelo. As pessoas que a trouxerem, com devoção, hão de receber muitas graças”.

O título Nossa Senhora das Graças está profundamente conectado à revelação da Medalha Milagrosa.

Principal oração

O dia de Nossa Senhora das Graças é comemorado em 27 de novembro, momento em que todos os seus devotos têm a oportunidade de demonstrar sua gratidão pelo seu amor. A principal oração direcionada para ela é a seguinte:

“Lembrai-vos, ó puríssima virgem maria, do poder ilimitado que vos deu o vosso divino filho sobre o seu coração adorável. Cheio de confiança na vossa intercessão, venho implorar o vosso auxílio.

Tendes, em vossas mãos, a fonte de todas as graças que brotam do coração amantíssimo de Jesus Cristo; abre-a em meu favor, concedendo-me a graça que ardentemente vos peço. Não quero ser o único por vós rejeitado, sois minha mãe, sois a soberana do coração de vosso divino filho.

Sim, ó virgem santa, não esqueçais as tristezas desta terra; lançai um olhar de vontade aos que estão no sofrimento, aos que não cessam de provar o cálice das amarguras da vida.

Tende piedade dos que se amam e que estão separados pela discórdia, pela doença, pelo cárcere, exílio ou morte. Tende piedade dos que choram, dos que suplicam, e dai a todos o conforto, a esperança e a paz!

Atendei, pois, à minha humilde súplica e alcançai-me as graças que agora fervorosamente vos peço por intermédio de vossa santa medalha milagrosa! Amém!”

Como vimos, a história de Nossa Senhora das Graças está diretamente atrelada à de Santa Catarina, responsável por confeccionar as medalhas milagrosas, utilizadas por seus devotos até os dias de hoje.

Você gostou deste post? Aproveite a visita para assinar a nossa newsletter e receber todas as nossas atualizações em seu e-mail!

Sobre o autor

quintadellarte

Deixar comentário.

Share This